Algumas imagens deste blogue são montagens fotográficas que não têm como objetivo desprestigiar as pessoas nelas envolvidas.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Saber rentabilizar

O gouvitano é um ser rijo e que vive a sua terra como ninguém. Quer dizer... Pelo menos a grande maioria!
Ora... Já fomos capital da aventura e agora temos a nossa estrela! Da aventura resta muito pouco! Como grande evento temos o mundial de enduro depois das bicicletas terem eclipsado! A estrela sempre foi nossa e de quem a quiser visitar... Mas já tivemos a cerca, o art rock, a exposerra... Convém fazer uma pausa para não continuarmos a escrever durante muito tempo!

Os espaços deviam ser rentabilizados de forma mais rentável! O centro hípico é um belo exemplo... Serve para as motas... Serviu para colocar uma discoteca durante o Calvário... E para poucas coisas mais.
E rentabilizar este espaço mais vezes ao ano?
Como este existem outros. É apenas um mero exemplo!


quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Poder negocial

O interior, cada vez mais despovoado, necessita que sejam criados postos de trabalho para que o despovoamento não continue acelerado.
Não se pode esperar que os Municípios criem esses postos de trabalho, mas podem criar condições para que as empresas se fixem.
A nossa Gouvitania não é diferente dos outros concelhos do interior! Cada vez tem menos gente e, consequentemente, menos trabalho se encontra.
Há algum tempo foi badalado a vinda de uma grande superfície comercial para a nossa cidade mas depressa caiu por terra... A história não acaba aqui, pois surgiu interesse de outra grande superfície comercial criar, aproximadamente, 100 postos de trabalho. Pelo que se consta, também esta oportunidade dificilmente se concretizará.
Quando não há diálogo nem é demonstrado interesse o resultado é zero. Vamos continuar no marasmo de sempre.
Ah!... Pode ser que o Jumbo ainda nos venha bater à porta!!!


quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Os “mangueirudos”

Este verão tem sido muito cinzento! Muita chama, muito fumo… Um cenário desprezível que se tem estendido em todo o país. É inconcebível que ano após ano se continue a ter tanta área ardida num jardim com 92212 km2. A maioria das causas é mão criminosa... Mas o que os motiva? Curioso é que muitos que são apanhados alegam loucura e passam por coitadinhos!
Tanto dinheiro se gasta em prevenção… Não se podia aplicar parte dele na limpeza da floresta?
Muitas questões podem ser colocadas, mas não se esqueçam que de ano para ano se gastam quantidades exorbitantes de dinheiro que acabam por não ter o efeito mais desejado. A culpa acaba por “morrer” solteira e o Zé Povinho é que fica com o bolso vazio!
Não podíamos deixar de dar umas palavras de apreço aos bombeiros, nomeadamente aos do nosso concelho, pelo trabalho exemplar que têm tido. Eles têm sido uns verdadeiros heróis, uns grandes “mangueirudos”!


terça-feira, 6 de setembro de 2016

Beleza natural

Com o calor que anda a assolar a Gouvitânia mais parece que mudámos a cidade para o continente africano! O que vale é que a água ainda vai chegando para o que queremos.
Já que falámos no continente africano, quando passamos em frente a uma grande superfície comercial parece que temos uma visão caraterística desse local do globo.
Quem visita a nossa linda cidade e continua a deparar-se com um cenário de tamanha beleza só pensa em voltar à Gouvitânia! Não haverá consenso para se “embelezar” o local de uma outra forma? Ganhavam os gouvitanos e quem os visita!


sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Cara lavada

Um mal de que padecem todas as localidades são os edifícios devolutos que cada vez mais abundam.
A Gouvitânia não foge à regra. As casas abandonadas tornam os locais mais velhos, feios e sem interesse (isto sem contar com a bicharada que anda para lá perdida!).
Pelo menos, todas as fachadas deviam deixar transparecer um ar mais cuidado. O problema é que a falta de euros vem sempre à tona!
O Município decidiu, e bem, dar um novo ar ao edifício do Paços do Concelho. Vai certamente refletir uma outra imagem a quem por ali passar. Esperamos é que não se esqueçam das formosas janelas, mais velhas que os cágados, e que sejam, de uma vez por todas, substituídas. O edifício já merece!


quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Rotunda seca!

A nossa Gouvitânia vai aproveitando o mês de agosto para dar lustro às pedras da calçada, visto ter mais gentes a percorrer as suas ruas!
A cidade está sempre fantástica (lá estamos nós a sonhar acordados!) e deveria aproveitar o período de verão para ainda brilhar mais!
Os jardins estão aperaltados e as rotundas também… Bem… E que dizer daquela que está frente ao Hotel e que está farta de deitar água dia e noite? Com tanto uso qualquer dia já nem funciona!


sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Resíduos sólidos

Nestes meses de verão torna-se mais complicado manter a cidade limpa! Há mais lixo espalhado pelo chão/contentores devido aos milhares de turistas que por aqui passam!
Este ano não há programas ocupacionais (pocs) e, supostamente, há menos gente nas ruas com essa função. Serve como desculpa? Não sabemos!
O que se torna engraçado é que um camião de recolha de lixo contribua para a sujidade! Por onde passa faz questão de deixar a sua marca! Um veículo que já devia estar na reforma e já não devia circular devido às suas más condições! Volta o velho problema… E dinheiro para o substituir? Bem dissemos que poderia vir aí outro calvário…